Em 2008, Oscar consagrou os irmãos Joel e Ethan Coen

LOS ANGELES - Na edição anterior do Oscar, em 2008, os grandes vencedores da noite foram os irmãos Joel e Ethan Coen, com seu filme Onde os Fracos Não Têm Vez. O longa ganhou os prêmios de melhor filme, melhor direção, melhor ator coadjuvante (o espanhol Javier Bardem) e melhor roteiro original.

Redação |

Este ano, no entanto, os Coen foram solenemente ignorados pela Academia. Seu mais recente trabalho, "Queime Depois de Ler", não concorre a nenhum prêmio, mesmo contando com astros como George Clooney e Brad Pitt no elenco. Uma boa explicação para o fato é por tratar-se de uma comédia, gênero geralmente ignorado pelo Oscar.

A cerimônia do ano passado também viu o britânico Daniel Day Lewis ganhar sua segunda estatueta, pelo filme "Sangue Negro". As atrizes premiadas foram a francesa Marion Cotillard, pelo filme "Piaf" (apenas a segunda atriz a ganhar por um longa não falado em inglês) e a britânica Tilda Swinton, melhor coadjuvante por "Contato de Risco".

Veja abaixo a lista de premiados no ano passado:

Filme: "Onde os Fracos Não Têm Vez"
Ator: Daniel Day Lewis, "Sangue Negro"
Atriz: Marion Cottilard, "Piaf"
Ator coadjuvante: Javier Bardem, "Onde os Fracos Não Têm Vez"
Atriz coadjuvante: Tilda Swinton, "Contato de Risco"
Direção: Joel e Ethan Coen, "Onde os Fracos Não Têm Vez"
Roteiro original: "Juno"
Roteiro adaptado: "Onde os Fracos Não Têm Vez"
Fotografia: "Sangue Negro"
Direção de arte: "Sweeney Todd"
Figurino: "Elizabeth - A Era de Ouro"
Som: "O Ultimato Bourne"
Edição de som: "O Ultimato Bourne"
Montagem: "O Ultimato Bourne"
Efeitos visuais: "A Bússola Dourada"
Maquiagem: "Piaf"
Canção: "Falling Slowly", "Once"
Trilha Sonora: "Desejo e Reparação"
Filme estrangeiro: "Die Fälscher", Áustria
Animação: "Ratatouille"

    Leia tudo sobre: oscar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG