Em 10 dias, oito macacos morrem em Ribeirão Preto-SP

Oito macacos foram encontrados mortos em 10 dias, na região de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, segundo informações da Divisão de Controle de Zoonoses da cidade. Desse total, seis amostras foram enviadas para os Institutos Adolfo Lutz e Pasteur, na capital paulista, para saber se as mortes foram por febre amarela ou por raiva.

Agência Estado |

Outros dois macacos já estavam em estado de decomposição, segundo a divisão.

Este ano, a Divisão de Controle de Zoonoses já notificou a morte de 35 macacos, com o envio de amostras para exames de pelo menos 50% deles. De acordo com a Divisão de Zoonoses, os exames deram negativo para febre amarela e raiva. Ainda segundo a Divisão, algumas das mortes foram provocados por outros animais ou por choques elétricos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG