Em 1 ano, Prefeitura de SP conclui 7 das 223 metas

Lançado há um ano pela Prefeitura de São Paulo, o programa de 223 metas que devem ser cumpridas até dezembro de 2012 teve sete metas concluídas até dezembro de 2009, como a entrega de dez unidades de Assistência Médica Ambulatorial (AMAs) previstas. Do total de propostas, 12 não foram iniciadas.

Agência Estado |

Os dados fazem parte do segundo balanço semestral da Agenda 2012, divulgado ontem pela Secretaria Municipal de Planejamento (Sempla).

Segundo a pasta, em média, foram executados 31% das fases de cada meta iniciada. Para o secretário municipal de Planejamento, Rubens Chammas, o resultado até agora foi satisfatório. "Não foram apenas sete (metas cumpridas). Já foram sete. A gente não pode fazer uma análise fria. Temos de analisar as metas e como estão suas fases."

Chammas enfatizou que o programa é quadrienal e a população pode monitorar cada meta pelo site www.agenda2012.com.br. "As fases mais complexas de uma determinada meta podem já ter sido concluídas."

Entre as 12 metas ainda não iniciadas está a reforma de 274 equipamentos esportivos e o investimento de R$ 300 milhões no Rodoanel. "Não ter começado uma meta não é nenhum caso atípico, é uma coisa normal. Não quer dizer que ela não esteja sendo pensada", afirmou o secretário.

Os principais obstáculos para executar as metas já iniciadas, segundo ele, são problemas jurídicos, fundiários ou de licitação. "A execução da obra propriamente dita é muito rápida. O problema é o pré-obra." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG