Elton John tem pouca chance de adotar criança, diz Ucrânia

KIEV ¿ Elton John não tem virtualmente chance alguma de adotar um menino soropositivo da Ucrânia, disse nesta terça-feira o ministro da Família desse país.

Reuters |

Mas o ministro Yuri Pavlenko disse à Reuters que espera que as intenções do cantor britânico incentivem ucranianos a adotar crianças doentes.

Elton John disse no sábado que um menino de 14 meses chamado Lev "roubou" seu coração e que queria adotá-lo conjuntamente com seu parceiro de longa data, David Furnish.

Os dois, juntamente com a Fundação Aids mantida por Elton John, visitaram um orfanato onde vivem crianças cujos pais são soropositivos, no leste industrial da Ucrânia.

"Oficialmente Elton John não procurou o Ministério ou qualquer outra autoridade com um pedido de adotar a criança do orfanato Makeyevka", disse Pavlenko. "De qualquer maneira, se ele tivesse feito tal pedido, teríamos sido obrigados a recusar."

Pavlenko disse que Elton John, com 62 anos, é velho demais para adotar o bebê, já que não são autorizadas adoções por pais que tenham mais de 45 anos, e que os pais potenciais precisam ser casados.

A união civil de Elton John e David Furnish não seria reconhecida como casamento na Ucrânia.

"Não estamos tratando isto como pedido de adoção, mas como um chamado lançado a todos os ucranianos: adotem essas crianças, lhes dêem uma chance de viver, saudáveis ou não, mesmo que tenham tal diagnóstico", disse Pavlenko.

O ministro disse que não há exceções às regras.

A Ucrânia tem uma das maiores e crescentes taxas de infecção por HIV, o vírus da Aids.

Organizações internacionais como o fundo das Nações Unidas para a Infância, o Unicef, estimam que meio milhão dos 47 milhões de habitantes do país sejam soropositivas.

Cerca de 200 mil dessas pessoas são mulheres, e mais de 5.000 são crianças contaminadas por seus pais. Pavlenko disse que apenas 20 famílias até agora adotaram crianças que têm o HIV.

Elton John vem trabalhando há vários anos na Ucrânia com a conscientização da Aids, tendo dois anos atrás feito um concerto gratuito para dezenas de milhares de pessoas na praça principal de Kiev.

No sábado ele disse que a morte de um velho amigo o fez mudar de ideia em relação à adoção e sugeriu que seu parceiro David Furnish, canadense de 46 anos, poderia ter uma chance melhor de sucesso com o procedimento legal da adoção.

"Tendo visto Lev hoje, eu adoraria adotá-lo", disse John a jornalistas no sábado.

"Não sei como faríamos isso, mas ele roubou meu coração. E roubou o coração de David."

    Leia tudo sobre: elton john

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG