Eloá está em coma irreversível, diz médica

O estado de saúde da adolescente Eloá, de 15 anos, permanece gravíssimo, informaram médicos do Centro Hospitalar de Santo André, em entrevista coletiva à imprensa, nesta tarde. Ela está, agora, em um coma irreversível, disse a neurocirurgiã Grace Mary Lídia.

Agência Estado |

A média explicou que, em uma escala de 3 a 15, o coma de Eloá é de grau 3, ou seja, o mais grave.

O secretário de Saúde de Santo André, Homero Nepomuceno Duarte, explicou que, como o quadro de Eloá não melhorou após cirurgia realizada na noite passada, os medicamentos que sedavam a adolescente foram retirados para que exames pudessem ser feitos. O coma de Eloá, portanto, não é induzido.

O exame realizado nesta tarde mostrou que a adolescente permanece em coma grave. Novo exame será realizado após seis horas, por volta das 23 horas. Segundo os médicos, o próximo exame poderá confirmar a morte cerebral da paciente. A equipe médica concederá outra entrevista coletiva à imprensa à meia-noite para relatar os resultados do próximo exame.

Já a adolescente Nayara, também de 15 anos, tem um quadro de melhora progressiva e deve continuar a melhorar pelos próximos dias, afirmou o cirurgião buco-facial Gabriel Pastore.

Eloá foi seqüestrada pelo ex-namorado, o auxiliar de produção Lindembergue Alves, de 22 anos. O caso teve início na tarde de segunda. Inconformado com o fim do relacionamento com Eloá, Alves invadiu o apartamento da adolescente, no Conjunto Habitacional de Santo André. Além da ex-namorada, estavam no imóvel Nayara e mais dois garotos. Os meninos foram libertados pouco depois. Alves autorizou a saída de Nayara no fim da noite de terça, mas, na manhã de quinta, ela voltou ao cativeiro. O seqüestro terminou na noite de ontem, com o disparo de tiros que acertaram a cabeça e a virilha de Eloá e a boca de Nayara.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG