Eleitor tem até quinta-feira para justificar a ausência no 1º turno

O eleitor que não votou no dia 5 de outubro tem até quinta-feira, dia 4, para justificar sua ausência em qualquer cartório eleitoral. Aqueles que não justificarem terão que pagar uma multa de R$1 a R$4.

Redação |

Conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o formulário de requerimento de justificativa eleitoral pode ser obtido, gratuitamente, nos cartórios eleitorais, nas páginas da internet do TSE e dos tribunais regionais eleitorais de cada estado. O documento pode pode ser entregue em qualquer cartório, mas a recomendação do TSE é que o eleitor entregue no local onde está inscrito. O pedido deve conter o nome do eleitor, data de nascimento, filiação, número do título, endereço atual e o motivo da ausência à votação.

Quem não votar até a data estipulada pela Justiça deve pagar o valor da multa em qualquer casa lotérica ou agência da Caixa Econômica Estadual e levar o comprovante de pagamento ao cartório eleitoral. 

Enquanto não regularizar sua situação com a Justiça, o eleitor não poderá inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública; receber salário de função ou emprego público correspondentes ao segundo mês subseqüente ao da eleição; participar de concorrência pública ou administrativa da União; obter empréstimos Caixas Econômicas Federais ou Estaduais, nos institutos e caixas de previdência social, bem como em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo; obter passaporte ou carteira de identidade;  renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo e praticar qualquer ato para o qual se exija a quitação do serviço militar ou imposto de renda. 

Leia mais sobre:  justificativa eleitoral 

    Leia tudo sobre: eleições

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG