Eleições da OAB-SP terminam em clima de tranquilidade

As eleições para a escolha do novo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo (OAB-SP) terminaram em clima de tranquilidade às 18 horas de hoje. Apesar do congestionamento na região central da cidade de São Paulo, que concentra a maior parte das 220 seções eleitorais na capital, os eleitores conseguiram chegar às zonas de votação sem muitos transtornos.

Agência Estado |

Quatro chapas concorrem à presidência da OAB-SP pelo triênio 2010/2013. Elas são encabeçadas pelo atual presidente da entidade, Luiz Flávio Borges D'Urso, e pelos advogados Leandro Donizete Pinto, Raimundo Hermes Barbosa e Rui Celso Reali Fragoso.

Candidato pela segunda vez à reeleição, D'Urso votou às 11 horas na subsecção de Santana. O candidato Raimundo Hermes Barbosa votou pela manhã na subsecção de Guarulhos. O candidato Leandro Donizete Pinto votou cedo nas Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Ao meio-dia, o candidato Rui Fragoso votou no mesmo local.

Compareceram também às urnas políticos e intelectuais formados em direito e associados a OAB-SP. O ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos e o presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer, votaram na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), no Largo São Francisco, além do diretor e futuro reitor da (USP), João Grandino Rodas. O resultado das eleições será divulgado na quinta-feira.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG