mais difícil , afirma Serra - Brasil - iG" /

Educação é secretaria mais difícil , afirma Serra

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), declarou nesta sexta-feira que a saída da secretária da Educação, Maria Helena Guimarães de Castro, foi uma decisão pessoal e que o cargo que ela ocupa é o mais difícil do governo, junto com o da Segurança Pública. As declarações foram dadas em entrevista à TV Clube, afiliada à Rede Bandeirantes em Ribeirão Preto, no interior paulista, onde o governador participa de eventos de duplicação e recuperação de rodovias.

Agência Estado |

Serra elogiou a ex-secretária, salientando que ela fez um trabalho excelente e uma "revolução" na educação de São Paulo.

O pedido de demissão foi confirmado na manhã de hoje. Serra afirmou que Maria Helena continuará como coordenadora técnica da pasta, que será assumida pelo deputado federal Paulo Renato de Souza (PSDB-SP).

O governador usou metáforas futebolísticas para definir a parceria entre Paulo Renato e Maria Helena, iniciada quando o deputado foi ministro da Educação de Fernando Henrique Cardoso (FHC) e Maria Helena era secretária executiva do ministério.

"Vai ser como (Carlos Alberto) Parreira e (Mário Jorge Lobo) Zagallo em 1994. Ele é o técnico e ela é a coordenadora técnica", disse Serra, que chamou Paulo Renato de "craque da educação".

O governador disse ainda que a escolha de Paulo Renato para reforçar seu secretariado não está relacionada à sua possível candidatura à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Eu não penso no futuro. Penso no agora e por isso escolhi o Paulo Renato." Segundo Serra, o fato de ter agora o ex-ministro Paulo Renato e o ex-governador Geraldo Alckmin como secretários pode ser considerado "um luxo".

    Leia tudo sobre: serra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG