Eduardo Paes elogia Dilma durante solenidade do PAC 2

Ao destacar hoje a atenção dada às cidades na segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC 2, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), fez uma série de elogios à ministra-chefe da Casa Civil e pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff. O prefeito elogiou a capacidade de diálogo e gerenciamento de Dilma, disse que ela agora vai partir para novas missões, referindo-se à candidatura à Presidência, e ressaltou que o sucesso da ministra no PAC I inaugurou uma nova forma de continuidade da política pública no Brasil.

Agência Estado |

"Há continuidade de políticas públicas que têm transformado a vida das pessoas. A vida nas cidades melhorou, doa a quem doer. A vida no campo melhorou, doa a quem doer. Essas ações continuam porque melhoraram a vida." Eduardo Paes foi bastante aplaudido quando afirmou que "o PAC não olha a cor partidária". Ele disse também que governadores e prefeitos da oposição e da base aliada recebem verbas sem distinção.

Conforme o prefeito do Rio, os bilhões direcionados à construção de creches, postos de atendimento à saúde e infraestrutura esportiva nas escolas vão tratar de melhorar a qualidade de vida da população. "Não tenho dúvida de que o PAC é algo histórico."

Ele afirmou que o momento é de festa porque as duas versões do PAC tratam de "algo que não é usual no Brasil, que é olhar para o futuro com planos". Segundo Paes, a lógica do investimento urbano mudou nos últimos anos no Brasil, com o início da execução do PAC I. Deu como exemplo a destinação de quase R$ 2 bilhões para a urbanização de favelas. "São intervenções que mudam a vida das pessoas."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG