Edema pulmonar matou integrante do Boyzone, revela autópsia

Palma de Mallorca (Espanha), 13 out (EFE).- O irlandês Stephen Gately, que integrava o grupo Boyzone, morreu de um edema pulmonar agudo, segundo os primeiros resultados da autópsia realizada pelo Instituto Médico Legal da cidade espanhola de Palma de Mallorca, nas Ilhas Baleares.

EFE |

Segundo fontes do Superior Tribunal de Justiça da região, os exames não revelaram sinais de violência no corpo do cantor. Mas o IML enviará algumas mostras a um laboratório de Barcelona (nordeste) para análises completares. O resultado completo da autópsia deverá ser divulgado daquia a 15 dias.

Hoje, a juíza encarregada do caso interrogou o marido da vítima, Andrew Cowles, que depôs como testemunha, e autorizou a trasferência do corpo do artista.

No entanto, a Justiça espanhola disse que só encerrará o caso após a liberação dos resultados definitivos da autópsia e depois de interrogar todas as testemunhas da morte de Gately, ocorrida em um apartamento de Port de Andratx, onde o cantor passava férias com o marido.

Gately morreu de sexta-feira para sábado, segundo os legistas.

Caso fique confirmado que o integrante do Boyzone perdeu a vida por causas naturais, o caso "será arquivado". EFE edg/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG