RIBEIRÃO PRETO - Dois homens armados e encapuzados invadiram e assaltaram a Paróquia São José Operário, em Santa Rita do Passa Quatro, na região de Ribeirão Preto (SP), na noite da última segunda-feira. Eles amarraram os pés e as mãos de dois padres e usaram um comprimido, um tipo de sonífero, para evitar que os religiosos chamassem a polícia durante a fuga.

A dupla levou um Gol e cerca de R$ 300 da paróquia, além de pertences pessoais dos padres (dois telefones celulares, dois relógios de pulso, um anel de prata, um computador, uma filmadora e uma câmera fotográfica digital). A polícia não tem pistas dos assaltantes.

O padre Giorgio Masin foi rendido na casa paroquial, que fica ao lado da igreja, no Jardim Boa Vista, por volta de 21h45. Os dois homens estavam armados com um revólver, uma pistola e uma faca. Logo em seguida, no outro cômodo, o padre João Nunes de Melo também foi rendido. Eles nos jogaram ao chão e nos amarraram, com os pés e mãos para trás, comentou Masin, que é italiano e está há 37 anos no Brasil, sendo os últimos 12 anos em Santa Rita do Passa Quatro. As informações são do Jornal da Tarde .

Leia mais sobre: assalto

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.