Dois homens, um de 26 e outro de 32 anos, foram presos hoje por fingirem ser do Corpo de Bombeiros. Segundo a Polícia Militar (PM), a dupla exigiu R$ 5 mil para conceder um auto de vistoria para um colégio na Rua Cumanaxos, na Penha, na zona leste de São Paulo.

Após vistoria do colégio e indicação de possíveis irregularidades no projeto de segurança, os detidos deram o preço ao proprietário, que desconfiado acionou a PM. De acordo com a PM, os suspeitos apresentaram apenas uma carteira de curso de bombeiro civil. Eles foram encaminhados ao Distrito Policial da Penha e podem ser autuados por usurpação de função pública e falsidade ideológica.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.