A casa do empresário Marcos Valério Fernandes de Souza foi assaltada por dois homens no sábado em Minas Gerais. Foram levados objetos pessoais, joias, aparelhos de DVD e uma quantia em dinheiro não revelada.

A polícia foi acionada por uma funcionária que estava sozinha na residência no momento da invasão. Ela relatou à polícia que abriu o portão para um dos assaltantes, que estava com uniforme do Centro de Controle de Zoonoses da prefeitura. Depois do roubo, o homem fugiu de carro com seu comparsa, que o aguardava do lado de fora. Ainda não se sabe se o roubo foi flagrado pelas câmeras de segurança.

A segurança sempre esteve na lista de prioridades de Valério, acusado de ser o operador do mensalão. Desde 2005, quando veio a público o caso, o empresário trocou de residência três vezes. Sua mansão localizada em um condomínio na Região Metropolitana de Belo Horizonte era conhecida por "Fortaleza".

Vizinhos da casa onde reside há cerca de um ano afirmam que apenas ontem conheceram a identidade do morador.

O assalto à mansão do empresário ocorre poucos dias depois de a Justiça de Minas Gerais aceitar denúncia contra Marcos Valério pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro no inquérito do mensalão mineiro.

Leia mais sobre Marcos Valério

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.