Dulci considera resultado das eleições positivo para PT

O ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Luiz Dulci, considerou positivo para o PT o resultado das eleições municipais no País. Ao falar do crescimento expressivo do partido, o ministro citou que o PT já alcançou 545 prefeituras no Brasil e que, no caso de Minas Gerais, por exemplo, foram eleitos 107 prefeitos petistas, além do partido ainda ter chance de vencer no segundo turno em duas importantes cidades mineiras: Contagem e Juiz de Fora.

Agência Estado |

Ele não quis comentar especificamente o resultado de São Paulo, onde o atual prefeito Gilberto Kassab (DEM), da coligação "São Paulo no Rumo Certo" (DEM-PR-PMDB-PRP-PV-PSC), terminou o primeiro turno à frente de Marta Suplicy (PT), da "Uma Nova Atitude para São Paulo" (PT-PCdoB-PDT-PTN-PRB-PSB). No entanto, ele considera que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá ir à capital paulista para fazer campanha para Marta, assim como acredita que irá a São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, para ajudar o candidato Luiz Marinho, da "São Bernardo de Todos" (PT-PRB-PDT-PTB-PSL-PTN-PR-PRTB-PV-PHS-PSC). "Eu iria com o maior prazer (a São Paulo)."

Segundo o ministro, "onde houver dois candidatos da base disputando o segundo turno, seguramente o presidente não irá". Ele considera que a realidade local vai pesar para que o presidente Lula defina os municípios onde ele subirá no palanque. Dulci lembrou que essa será uma campanha curta, com pouco tempo, já que Lula estará viajando durante toda a semana que vem. O presidente irá à Espanha, à Índia e a Moçambique. O ministro acredita que o presidente tenha tempo para ir, no máximo, a dez cidades.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG