Duas pessoas morrem após queda de avião em Goiânia

SÃO PAULO (Reuters) - Um avião que havia sido sequestrado nas proximidades de Brasília caiu sobre vários carros no estacionamento do maior shopping center de Goiânia, nesta quinta-feira, causando a morte dos dois ocupantes --o piloto e a filha dele, de cinco anos de idade. Segundo a Polícia Militar de Goiás, há suspeitas de suicídio porque a aeronave, de prefixo PT-VFI, estava abastecida e tinha autonomia para cinco horas de voo, o que afasta a possibilidade de pane seca.

Reuters |

Horas antes do incidente, de acordo com a PM, foi registrada uma ocorrência de uma mulher que foi atirada de um carro em movimento e, posteriormente, foi confirmado que se tratava da mulher do piloto.

O avião, pertencente ao aeroclube de Brasília, foi roubado em Luziânia, nos arredores do Distrito Federal. Segundo nota da Força Aérea Brasileira, o PT-VFI foi acompanhado todo o tempo por caças da FAB, que não conseguiram entrar em contato por rádio com o piloto.

"Consumado o acidente aeronáutico, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) conduzirá as investigações necessárias a fim de identificar os fatores que contribuíram para a ocorrência", afirma o comunicado, que acrescenta que todos os procedimentos adotados pela Aeronáutica no caso foram acompanhados pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim.

Segundo a PM goiana, a aeronave ficou completamente destruída, não houve princípio de incêndio e ninguém ficou ferido. O shopping foi esvaziado após a queda da aeronave, que aconteceu por volta de 18h20, segundo a PM.

(Reportagem de Eduardo Simões e Hugo Bachega)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG