Duas crianças morrem no Rio após deslizamento de terra

RIO DE JANEIRO - Duas crianças morreram soterradas em Saquarema, na Região dos Lagos, na noite deste domingo em decorrência das chuvas. A casa das vítimas desabou após um deslizamento de terra. As chuvas do último final de semana também atingiram outras regiões.

Agência Brasil |

No norte e noroeste do Estado do Rio de Janeiro, o nível dos Rios Carangola, Muriaé e Pomba voltou a subir. No sábado, o Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes (Dnit) fez um corte de 4 metros na BR-356, que liga o Rio de Janeiro a Minas Gerais, para facilitar o escoamento da água do Rio Muriaé represada na estrada. O corte foi feito entre as localidades de Sapucaia e Três Vendas.

De acordo com o coordenador da Defesa Cvil no norte e noroeste do Estado, coronel Moacir Pires, apesar da previsão de chuva para os próximos dias, a tendência é de que o nível dos rios comece a diminuir.

De certa forma, as regiões norte e noroeste do estado tendem a voltar à normalidade, principalmente porque todos os rios começam a baixar, muito embora com velocidade muito lenta, em torno de 4 a 5 centímetros a cada duas horas. Nós consideramos também a previsão de chuva para os dias 29 e 30, que é bem menor do que o final de semana passado.

As regiões norte e noroeste do estado sofrem com as chuvas há 15 dias. O coronel Moacir Pires informou que após o Natal não houve aumento do número de desalojados e desabrigados, que é de cerca de 66 mil. Além das 13 cidades atingidas pelas chuvas no norte e noroeste do estado, o município de Quissamã decretou ontem estado de emergência.

Veja também:

Leia mais sobre: chuvas

    Leia tudo sobre: chuvachuvasenchenterio de janeirotemporais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG