Duas cabines da Polícia Militar são atacadas no Rio

Duas cabines da Polícia Militar foram atacadas por criminosos nesta madrugada no Rio. Somente uma das cabines é blindada, mas nenhum policial ficou ferido.

Agência Estado |

Os criminosos chegaram a lançar uma granada, que não explodiu. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Militar, os ataques foram cometidos pelo mesmo grupo.

O primeiro caso ocorreu na Linha Amarela, sentido Barra da Tijuca-Ilha do Fundão. Criminosos passaram e dispararam contra o posto policial, que tem blindagem, e contra um carro da PM. Em seguida, o grupo se dirigiu para a Avenida Brasil e, próximo ao bairro de Bonsucesso, fez novos disparos. Eles chegaram a parar o carro para lançar a granada. Os policiais não puderam identificar o veículo usado pelo bando.

O Esquadrão Antibombas precisou interditar um trecho de cerca de 10 metros quadrados da Avenida Brasil, sentido Centro, para detonar o explosivo. Foram necessários quatro carros e duas motos para interromper o tráfego. De acordo com agentes do Esquadrão Antibombas, a granada era do tipo M-4, de uso exclusivo das Forças Armadas.

A assessoria de Imprensa da PM informou que a corporação ainda não sabe de que favela partiram os criminosos que cometeram os ataques.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG