Duas aquarelas assinadas por Adolf Hitler serão leiloadas no dia 25 de abril em Nuremberg, na Baviera, sul da Alemanha, uma cidade historicamente associada ao regime nazista, anunciou nesta quinta-feira o jornal Abendzeitung.

As duas telas, datadas de 1914 e pelas quais estão sendo pedidos lances mínimos de 3.500 euros (4.600 dólares) cada, segundo o catálogo que pode ser consultado pela Internet, figuram entre 3.600 outros objetos.

A venda é organizada pela casa Weidler, a mesma que vendeu, em 2006, por 11.000 euros (14.500 dólares) um trabalho de juventude do Führer, recordou o jornal.

A realização desse primeiro leilão foi feito em meio a muita polêmica, mas não foi possível nenhuma ação judicial, o mesmo acontecendo desta vez; as pinturas representam paisagens ou granjas, sem nenhuma simbologia política.

Dois dias antes da venda de Nuremberg, outros 13 quadros de Hitler, entre eles um autorretrato, serão leiloados em Ludlow, oeste da Inglaterra.

Em 2006, 21 telas do líder nazista foram vendidas na Grã-Bretanha por 118.00 libras (176.000 dólares).

hap/fjb/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.