Pesquisadores dos Estados Unidos descobriram uma nova função para drogas contra a epilepsia: o tratamento de doenças neurodegenerativas como Alzheimer e Parkinson. O estudo, publicado na revista Molecular Neurodegeneration, mostrou que drogas conhecidas como bloqueadores do canal-cálcio do tipo T exerceram ação protetora sobre os neurônios.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.