Dor de cabeça pode indicar disfunção mandibular, diz especialista

Cefaleia tensional episódica e enxaqueca são apenas dois dos tipos de dores de cabeça mais conhecidos. No entanto, segundo a classificação da Sociedade Internacional de Cefaleia, existem quase 300.

Agência Estado |

Cada tipo de dor de cabeça tem causas distintas e tratamento diferente. Algumas são mais fáceis de diagnosticar, outras nem tanto. A dificuldade do diagnóstico da dor de cabeça pode levar o paciente a muitos médicos. E também ao dentista. A disfunção temporomandibular (DTM) atinge músculos da mastigação e da cervical, bem como articulações da boca.

Entre os sintomas da DTM estão dor na face, no pescoço, na cabeça, no ombro e nas costas; estalo ao abrir ou fechar a boca; dificuldade para abrir a boca, comer ou falar. Segundo o cirurgião-dentista Antônio Sérgio Guimarães, coordenador do ambulatório de DTM da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), a doença traz dor contínua. "Não é forte nem fraca, mas está sempre presente."

A maioria dos pacientes que apresentam esse problema é mulher: são nove para cada homem. A DTM pode existir com outros males, como a enxaqueca e a fibromialgia. Para eliminá-la, é preciso acabar com maus hábitos, como mascar chicletes, roer unha, má postura no trabalho, e dormir com a mão embaixo da cabeça. O tratamento leva, em média, dois meses e compreende alongamento, massagem, relaxamento e compressas.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG