Dono do Cirque de Soleil chega à Estação Espacial

MOSCOU ¿ O bilionário canadense Guy Laliberté, criador do Cirque de Soleil, e como tal considerado o primeiro palhaço espacial, chegou na sexta-feira à Estação Espacial Internacional, a bordo de uma nave russa, para uma estadia de 10 dias que lhe custará 35 milhões de dólares.

Reuters |

Uma câmera a bordo da nave Soyuz, onde viajam também um tripulante russo e um norte-americano, mostrou a estação espacial lentamente entrando no campo de visão de um telão no centro de controle da missão, na localidade de Korolyov, perto de Moscou.

"Temos contato," disse um funcionário russo, sob aplausos de parentes dos tripulantes presentes.

Laliberté, ex-engolidor de fogo, pretende usar a viagem para chamar a atenção para a importância do acesso à água potável na Terra.

No dia 9, ele deve fazer uma transmissão de duas horas pela internet, unindo 14 cidades do mundo e apresentando nomes como o ex-vice-presidente dos EUA Al Gore e a banda U2, segundo o site da sua Fundação One Drop.

O artista e empresário, de 50 anos, é dono de uma fortuna estimada em 2,5 bilhões de dólares. Sétimo turista espacial da história, ele posou para câmeras usando um nariz vermelho de palhaço antes da decolagem, na quarta-feira, no cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão.

    Leia tudo sobre: cirque du soleil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG