Dona Marisa brinca e diz que quebrou dedo do presidente

BRASÍLIA - A imobilização de um dedo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em função de uma tendinite foi motivo de brincadeira da primeira-dama, Marisa Letícia, com a imprensa durante a recepção do presidente da Nanmíbia, nesta quarta-feira (11), no Palácio do Planalto.

Agência Brasil |

Questionado pelos jornalistas sobre o motivo da imobilização, o presidente Lula respondeu que foi boxe. A primeira-dama, Marisa Letícia, que o acompanha na recepção, então brincou dizendo que foi ela quem quebrou o dedo do presidente. Brigamos e quebrei o dedo dele, depois fiquei com dó e fiz um curativo.

Agência Brasil
Marisa e Lula em Brasília
Os jornalistas então perguntaram a Marisa se o motivo foi o grande assédio das primeiras-damas nesta terça-feira (10) no encontro de prefeitos e ela, aderindo à brincadeira, sorriu e disse: tinha muita mulher em volta dele, quebrei o dedo dele.

O dedão da mão esquerda do presidente Lula foi imobilizado em decorrência de uma tendinite, de acordo com secretaria de imprensa do Palácio do Planalto.

Em visita oficial ao Brasil o presidente da Nanmíbia, Hifikepunye Pohamba, foi recebido por Lula no Palácio do Planalto de onde seguem para almoço no Palácio do Itamaraty. Ele também fará visitas à Câmara, ao Senado e ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Leia mais sobre: Lula

    Leia tudo sobre: lula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG