Dona da cadela heroína por achar um bebê em MG confessa ser mãe da criança

SANTO ANTÔNIO DO MONTE - Os momentos de heroína da cadela Xuxa, que teria achado um recém-nascido em uma caixa de papelão na cidade de Santo Antônio do Monte (MG), chegaram ao fim. Ao saber que a criança seria encaminhada à adoção, a dona do animal, Maria Luzia Campos, 27, confessou à polícia, nesta sexta-feira, que é a mãe biológica do bebê.

Redação |

De acordo com informações do investigador Oséias Barreto, responsável pelo caso, Maria Luzia teria inventado a história pois estava psicologicamente suscetível, quadro típico pós-parto.

Em depoimento na delegacia, a mãe afirmou que escondia a gravidez da família e não viu alternativa senão inventar a história. Os fatos reais evidenciam que Maria Luzia deu à luz sozinha, nos fundos de sua casa. Depois chamou uma vizinha e inventou que a cadela havia encontrado o menino em uma caixa de papelão. Ela justifica a mentira pois temia a reação de seus familiares, explica Barreto.

O caso foi encaminhado à delegacia de polícia de Santo Antônio do Monte. Segundo Barreto, Maria Luzia passa por exames médicos para saber se realmente deu à luz recentemente. O investigador afirma que, ao concluírem o inquérito aberto, a mãe responderá processo judicial e será absolvida, uma vez que não existe crime.

O bebê, batizado de João Gabriel pelas enfermeiras do hospital onde recebeu os primeiros cuidados, passa bem. A guarda do mesmo também será decidida na Justiça.

    Leia tudo sobre: bebê abandonadocadela xuxaxuxa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG