Dois suspeitos morreram e um foi preso, por volta das 21 horas desta sexta-feira, durante uma troca de tiros com policiais militares do 33º Batalhão na altura do nº 20 da Rua Nova Prata, em Cidade Ariston, no município de Carapicuíba, região oeste da Grande São Paulo. Durante patrulhamento pela região, os policiais desconfiaram dos ocupantes de um Hyundai Tucson e verificaram que o veículo era roubado.

Na abordagem, houve o tiroteio e dois dos suspeitos acabaram baleados e mortos. Com o trio, foram apreendidas duas armas.

Acredita-se que eles sejam comparsas de um armeiro do Primeiro Comando da Capital (PCC) que estava internado e morreu nesta sexta-feira no Hospital Regional de Osasco, após ser baleado pela PM por volta das 17 horas de quinta-feira, 22, em Carapicuíba.

A polícia não sabe informar se o trio estava na rua para se vingar da morte do colega.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.