Dois são baleados durante ação policial em favela do Rio

Dois supostos traficantes foram baleados hoje em uma operação da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil no Morro da Mineira, no Catumbi, zona norte do Rio de Janeiro. A polícia afirmou ter apreendido com eles uma pistola, um carregador de submetralhadora Uzi e dois radiotransmissores.

Agência Estado |

Um suspeito foi preso. O objetivo da ação era localizar os traficantes que torturaram e mataram três jovens do Morro da Providência, no mês passado. As vítimas foram entregues aos criminosos por um oficial e dez militares do Exército.

Moradores e pessoas que participavam de velórios no Cemitério do Catumbi reclamaram do horário da ação policial, que utilizou um helicóptero da Polícia Civil e um carro blindado. Parentes e amigos dos mortos que estavam sendo velados abandonaram as capelas em pânico após o início do tiroteio. Um táxi foi atingido por balas perdidas durante a troca de tiros entre homens armados e agentes na aeronave. Cerca de 25 homens participaram do cerco.

Ainda hoje, uma operação da Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) procurou na Favela do Caju os criminosos que participaram de um arrastão no Elevado da Perimetral, na zona portuária da capital fluminense, em frente à sede da Polícia Federal (PF). O crime, ocorrido na terça-feira, resultou na morte da corretora de seguros Adriana Uszko, de 40 anos, baleada na cabeça, e do sargento da Polícia Militar (PM) Luis Fernando Marques da Silva, de 42 anos. Na ocasião, um suspeito foi baleado e outros dois fugiram.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG