Tamanho do texto

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra iniciou o Abril Vermelho na Bahia com a ocupação da fazenda Bela Manhã, em Teixeira de Freitas, extremo sul do Estado. Cerca de 2 mil trabalhadores entraram na propriedade da indústria de celulose Aracruz, por volta das 2 horas da madrugada de ontem.

O líder da ocupação, Weldes Queiroz, disse que o objetivo é lembrar o "Massacre de Carajás".

Foi no mês de abril de 1996 que 19 trabalhadores foram executados por policiais paraenses em Eldorado dos Carajás, durante um conflito. A ocupação da fazenda em Teixeira de Freitas foi pacífica, mas a coordenação do MST não divulgou a data em que os trabalhadores pretendem sair da propriedade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.