Dois fuzileiros navais, o terceiro-sargento Leandro Bacellar e o cabo Luis Paulo Pessanha Gonçalves, morreram ontem, durante exercícios noturnos. O veículo de combate em que eles estavam com mais um militar caiu de um barranco e foi parar, de ponta-cabeça, em uma área alagadiça.

O acidente ocorreu na área de treinamento do 1º Esquadrão de Cavalaria Leve, na cidade de Valença, no sul do Rio de Janeiro.

O veículo foi desvirado e um terceiro ocupante foi resgatado com ferimentos leves e recebeu atendimento no Hospital Geral de Valença. Em nota, a Marinha informou que "está prestando todo o apoio necessário às famílias dos militares falecidos". Um inquérito administrativo será instaurado para apurar o acidente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.