Documentários sobre poeta brasileiro e astronauta russo vencem ¿É Tudo Verdade¿

SÃO PAULO ¿ A 13ª edição do festival de documentários ¿É Tudo Verdade¿ chegou ao fim neste final de semana, com a divulgação dos filmes vencedores da mostra competitiva. A cerimônia de premiação, realizada na noite de sábado (05) em São Paulo, consagrou ¿Pan-Cinema Permanente¿, exibido na competição brasileira de longa e média-metragem, e ¿Cosmonauta Polyakov¿, da diretora alemã Dana Ranga, escolhido como melhor documentário da competição internacional.

Da Redação do Último Segundo |

Realizado por Carlos Nader, Pan-Cinema Permanente enfoca a obra do poeta e compositor baiano Waly Salomão, parceiro dos músicos tropicalistas. O filme, que recebeu prêmio no valor de R$ 100 mil (o maior dos festivais brasileiros), utiliza material inédito filmado por Salomão, além de entrevistas e imagens de arquivo. Cosmonauta Polyakov, por sua vez, fala sobre o homem que detém o recorde de permanência no espaço ¿ o russo Valery Polyakov, que ficou um ano e dois meses a bordo da estação espacial Mir.

Apenas um odor (Merely a smell), de Maher Abi Samra, venceu como melhor curta-metragem internacional, enquanto o Remo Usai ¿ Um músico para o cinema, foi eleito melhor curta brasileiro. Dois longas nacionais receberam menções honrosas: O aborto dos outros, de Carla Gallo, pela corajosa abordagem, pela pertinência temática e sensibilidade narrativa; e Simonal ¿ Ninguém sabe o duro que dei, de Cláudio Manoel, Micael Langer e Calvito Leal, pela qualidade do trabalho investigativo, pela importância sócio-cultural do personagem e do tema abordado.

O júri internacional do "É Tudo Verdade" foi formado pela curadora dinamarquesa Anne Marie Kurstein, pela cineasta alemã Inês Thomsen e pelo diretor brasileiro Walter Carvalho. Já o júri brasileiro foi constituído pelo cineasta Renato Barbieri, pela montadora Vânia Debs e pela historiadora Beatriz Kushnir.

Depois das exibições em São Paulo e Rio de Janeiro, uma seleção dos melhores do É Tudo Berdade viaja agora pelo país. A primeira cidade a receber a mostra será Bauru (SP), de 10 a 13 de abril. Em seguida, sempre com projeções gratuitas, será a vez de Brasília (14 a 20 de abril), Recife (17 a 20 de abril) e Caxias do Sul (24 a 27 de abril), na serra gaúcha.

Leia mais sobre:  É Tudo Verdade - documentário

    Leia tudo sobre: documentáriosé tudo verdade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG