O governo George W. Bush já acabou, mas dois documentários que estreiam hoje nos cinemas levantam o lado mais sombrio do grupo que agora deixa o poder.

De maneira bem diferente, o vencedor do Oscar de melhor documentário em 2008, Um Táxi Para a Escuridão , e Novo Século Americano analisam a tortura promovida nas bases militares americanas e as verdadeiras motivações americanas para as guerras no Afeganistão e no Iraque.

Novo Século Americano chega ao Brasil pelas mãos do diretor Fernando Meirelles, que viu o filme ano passado na Mostra de Cinema e ficou impressionado com as revelações feitas pelo diretor italiano radicado em Los Angeles, Massimo Mazzuco. É um filme impressionante, comprando ou não suas teses, diz Meirelles.

O documentário chamou a atenção de Meirelles também por outros motivos. Massimo reuniu centenas de imagens do front americano no Iraque sem sair dos Estados Unidos. A grande sacada do filme é como ele é produzido, como ele fez tudo quase sem dinheiro e sem sair de casa. Só hoje é possível fazer um filme assim, explica Meirelles, que pagou, por meio de sua produtora, a O2 Filmes, US$ 15 mil pelos direitos de exibição no Brasil, onde será narrado pelo ator Paulo Betti. No entanto, mesmo sem gastar muito, Mazzuco, ex-fotógrafo de moda, está perdendo a casa em que vive na Califórnia por causa da crise.

Com material vindo de toda parte, coube a Mazzuco a montagem final. Embora o filme esbarre várias vezes em teorias conspiratórias, há informações de grande impacto, como a de que Osama Bin Laden é procurado pelo governo americano por vários atentados, mas não pelos ataques de 11 de setembro de 2001. O filme mostra o próprio Bush dizendo não estar preocupado com Bin Laden.

Já o filme Um Táxi Para a Escuridão centra no episódio de um taxista afegão torturado e morto por engano em uma base americana. As informações são do Jornal da Tarde.

Novo Século Americano - Dirigido por: Massimo Mazzuco; Narração: Paulo Betti; Duração: 100 minutos; Classificação indicativa: 12 anos. Um Táxi para a Escuridão - Dirigido por: Alex Gibney; Duração: 106 minutos; Classificação indicativa: 12 anos; Vencedor do Oscar 2008 de Melhor Documentário.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.