Dobra número de queixas de escolas municipais de SP

SÃO PAULO - O relatório de atendimento divulgado nesta quinta-feira pela Ouvidoria do município aponta que dobrou o número de reclamações relacionadas às escolas da Prefeitura de São Paulo nos nove primeiros meses do ano, em comparação com o mesmo período de 2007. De janeiro a setembro de 2008, foram 471 registros contra 225 no mesmo período do ano passado, um salto de 109%.

Agência Estado |

  • Secretaria transfere 6 de escola depredada em SP
  • Escola de SP depredada por alunos tem histórico de briga
  • PM é acionada para conter tumulto em escola de SP
  • O aumento das reclamações referentes às escolas, tanto pré-escola como unidades de ensino fundamental, puxaram a alta das queixas totais da Secretaria Municipal de Educação, que incluem escolas, creches e qualidade no atendimento. Nos três primeiros trimestres do ano, essas reclamações pularam de 357 para 700 atendimentos na Ouvidoria, um aumento de 96%. A pasta se consolidou como o terceiro órgão no ranking das queixas.

    As Secretarias de Serviços e de Saúde continuam imbatíveis nos dois primeiros lugares do ranking de reclamações no acumulado do ano, com 3.460 e 3.285 atendimentos, respectivamente. Proporcionalmente, as pastas que mais aumentaram em relação a 2007 são Educação e Gestão, ambas com 96% a mais de registros. As informações são do Jornal da Tarde .

    Leia mais sobre: Educação

      Leia tudo sobre: educação

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG