Doações em dinheiro para vítimas das chuvas já ultrapassam R$ 3,5 milhões

Brasília - O Fundo Estadual de Defesa Civil de Santa Catarina já recebeu R$ 3,5 milhões em doações em dinheiro para as vítimas das enchentes. Elas foram feitas tanto por pessoas físicas, quanto jurídicas. As chuvas em Santa Catarina deixaram, até o momento, 110 mortos.

Redação com Agência Brasil |

Agência Brasil
Moradores são resgatados neste sábado de Ilhota
Segundo boletim divulgado às 18h39 deste sábado pela Defesa Civil do Estado, 27.410 pessoas estão desabrigas e 51.297 estão desalojadas. Há 19 desaparecidos confirmados e acredita-se que cerca de 1,5 milhão de pessoas tenham sido afetadas pelas enchentes.

Somente o Banco do Brasil e o Bradesco, juntos, doaram R$ 800 mil para ajudar as comunidades atingidas pelas chuvas que há cerca de 60 dias castigam o estado, deixando, até o momento, 109 mortos, mais de 78 mil desabrigados e desalojados, além de prejuízos não cauculados.

Para contribuir, a pessoa pode ir a qualquer agência bancária, levando consigo os dados (números da conta e da agência) sobre uma das contas existentes. Antes de confirmar o depósito, é recomendável confirmar os dados do beneficiário: Fundo Estadual de Defesa Civil, cujo CNPJ é 04.426.883/0001-57.

Alertando para a circulação de falsas mensagens eletrônicas, a Defesa Civil também divulgou que não envia e-mails pedindo auxílio e informando número de contas correntes para depósitos.

As doações estão sendo feitas por meio de uma das oito contas corrente abertas pela Defesa Civil para receber a ajuda financeira.

De acordo com a Defesa Civil, as empresas que fizerem doações poderão pedir a isenção do Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), utilizando o código CFOP na nota fiscal 5910. Também deve constar em complemento: Doação para Defesa Civil do Estado de Santa Catarina.

Morro do Baú é a área mais atingida; assista

Leia também:

Leia mais sobre: chuvas em Santa Catarina 

    Leia tudo sobre: chuvassanta catarina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG