Doações a vítimas da chuva chegam a 6 toneladas em Angra

O total de donativos para os quase mil desabrigados e desalojados em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, chega a seis toneladas, segundo informações da prefeitura do município. Desde a tarde de sexta-feira, a quadra do Colégio Estadual Artur Vargas (Ceav) está funcionando como posto de entrega de doações para as famílias afetadas pelos deslizamentos na Praia do Bananal, na Ilha Grande, e no Morro da Carioca, no Centro.

Agência Estado |

O posto, aberto das 9 horas às 21 horas, está sendo coordenado pela primeira-dama Alessandra Jordão, e recebe doações de alimentos, roupas, calçados, colchões, água, materiais de limpeza e de higiene pessoal.

AE

Moradores retiram pertences de casas interditadas pela defesa civil no Morro da Carioca, em Angra (03/01) 

Segundo ela, até sábado foram arrecadadas quase seis toneladas de alimentos, quase 26 mil peças de roupas, incluindo roupas de cama, de uso e calçados, e 2.600 litros de água mineral. "Só o governo do Estado, através da Secretaria de Saúde e Defesa Civil, doou 100 cestas básicas, 100 colchões, 100 lençóis, 49 fronhas, 100 travesseiros, 70 toalhas e 65 cobertores."

As doações estão sendo entregues aos quatro abrigos, os quais estão funcionando em escolas municipais nos bairros da Japuíba, Parque Mambucaba, Morro do Abel e na Praia Vermelha, que fica na Ilha Grande. O número parcial de entrega, até sábado, está em torno de três toneladas de alimentos, 10 mil peças de roupas e 2 mil litros de água mineral.

O número de desabrigados no Ciep 495, Parque Mambucaba, é de 172, e o de desalojados, 528. A escola municipal Cleusa Jordão conta com 16 desabrigados e dois desalojados. Já no Morro do Abel, os 26 desabrigados estão na escola municipal Professor José Lomeu Bastos, onde também há dois desalojados. Na Praia Vermelha estão abrigadas 10 pessoas na escola municipal Ayrton Senna.

Leia também:


Leia mais sobre: chuvas  e Angra dos Reis

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG