O médico Frederico Carbone Filho, da equipe da Hemorrede da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo, afirma que há uma diminuição de 20% a 30% nas doações de sangue em todo o Estado no inverno. As informações são da Agência Brasil.

Para ele, os motivos são as férias escolares, a maior incidência de doenças respiratórias e o desmotivação de sair de casa no frio. Carbone diz que a falta de doadores compromete os estoques de sangue nos hemocentros e, por isso, afirma que é importante continuar doando.

A Agência Brasil informa ainda que a diretora do Banco de Leite Humano da Maternidade Interlagos, em São Paulo, a nutricionista Roberta Trevisan, diz que as doações de leite humano também são menores nessa época do ano, perto de 20%. De acordo com Trevisan, a situação é grave, pois o leite humano é essencial aos bebês por oferecer proteção imunológica e nutricional.

AE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.