À espera de um título cuja perda ficou engasgada no ano passado, quando a escola ficou com o vice-campeonato do carnaval, o Salgueiro vai mostrar este ano na Marquês de Sapucaí o que sabe fazer melhor: batucar. Com a força e a batida dos povos de ontem e hoje, a escola de Andaraí contará em 36 alas a história do tambor, da criação do instrumento ao seu uso na atualidade.

"Falaremos de todas as manifestações que utilizam o tambor", explica o carnavalesco da escola Renato Lage. "Partiremos das religiões que batucam o instrumento e passearemos pelo folclore, com boi-bumbá e zabumba".

A escola de Andaraí abrirá a sua passagem pela Sapucaí com os primeiros guerreiros africanos, que dos troncos das árvores e do couro dos animais criariam os primeiros tambores que se tem notícia. "Será uma grande surpresa. Terá desempenho do grupo de dançarinos 'Intrépida Trupe' e um efeito visual impecável", antecipa a coordenadora de comunicação Flávia Cirino. Para fechar o desfile, a escola virá com uma ala gay, com a presença da transexual Roberta Close. "É uma forma de animar o público no final do desfile. Como esse é o momento mais morno na Sapucaí, pretendemos manter de ponta a ponta os aplausos vindos da arquibancada", explica Flávia.

E como o batuque é pai do samba, as 'paradinhas' da bateria regida pelo mestre Marcão terão lugar especial no desfile da escola. "A bateria do Salgueiro, conhecida como Furiosa, é a grande homenageada deste enredo. Ela e seus mestres serão reverenciados ao fim do desfile", destaca Lage. Para dar mais força aos retumbantes tambores da escola, a homenageada bateria contará com um apoio de peso este ano. "Carlinhos Brown e a 'Timbalada' vão deixar Salvador e se unir ao cortejo da escola", antecipa Lage. O músico baiano dará um toque afro à passagem da escola pela passarela, acompanhado por sua trupe e pela rainha de bateria Viviane Araújo.

Com uma comissão de 4.200 integrantes, o desfile contará entre os participantes com as presenças ilustres de "salgueirenses de coração". "Teremos Eri Jonhson, o rei da escola, e Sabrina Sato, pelo terceiro ano consecutivo a musa oficial, entre outros", conta Cirino. Embalada pelos ziriguiduns ancestrais e assistida por um time de peso, a escola de Andaraí promete deixar as arquibancadas da Sapucaí boquiabertas. "Será um espetáculo do começo ao fim. O Carnaval 2009 é do Salgueiro", aposta o carnavalesco. O início do desfile está previsto para o horário entre 22h05 e 22h20. Confira a letra do enredo 2009 do Salgueiro:

"Tambor"

O som do meu tambor ecoa. ecoa pelo ar
E faz meu coração com emoção
Pulsar!

Invade a alma, alucina
É vida, força e vibração!
Vai meu Salgueiro, Salgueiro
Esquenta o couro da paixão
Ressoou da natureza, primitiva comunicação!
Da África, dos nossos ancestrais
Dos deuses, nos toques rituais
Nas civilizações, cultura
Arte, mito, crença e cura

Tem batuque, tem magia, tem axé!
O poder que contagia quem tem fé! (bis)
Na ginga do corpo emana alegria
Desperta toda energia!

No folclore a herança
No canto, na dança. É festa, é popular!
Seu ritmo encanta, envolve, levanta
E o povo quer dançar!
É de lata, é da comunidade
Batidas que fascinam
Esperança social, transforma, ensina!
Ao mundo deu um toque especial
É show, é samba, é carnaval!

Vem no tambor da academia
Que a furiosa bateria vai te arrepiar! (bis)
Repique, tamborim, surdo, caixa e pandeiro
Salve os mestres do Salgueiro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.