SÃO PAULO - A polícia já tem o retrato falado de dois suspeitos de assaltar uma casa na região do Pacaembu, na zona oeste de São Paulo, no dia 30. Segundo investigadores do 23º Distrito Policial (Perdizes), a dupla é acusada de cometer o crime com disfarce de carteiro: com uniforme amarelo e azul semelhante ao utilizado pelos funcionários dos Correios.

A polícia informou que um dos suspeitos tem aparelho nos dentes de cor verde, mede no máximo 1,75 metro e aparenta ter 28 anos. Ele tem cabelos pretos e é moreno. O outro é de cor clara, cabelo preto, mede aproximadamente 1,75 metro e aparenta ter 26 anos. A polícia acredita que há mais de uma quadrilha agindo da mesma maneira na cidade.

Pelo menos 13 casos desse tipo são investigados. Em setembro, outra moradora da região foi vítima de uma quadrilha que usou o disfarce. Dez homens invadiram a casa após simularem a entrega de um Sedex. As quatro pessoas que almoçavam tiveram os braços amarrados. Os bandidos levaram roupas, máquinas fotográficas, notebooks, celulares e um carro.

No começo do ano, também no Pacaembu, um advogado teve prejuízo de R$ 200 mil em jóias. Ladrões também entraram em sua casa vestidos de carteiros.

(Com informações do jornal "O Estado de S. Paulo")

Leia mais sobre: gangue dos carteiros

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.