Divulgado retrato do suspeito de atacar casal no PR

A polícia divulgou hoje o retrato falado do suspeito de matar o estudante Osíris del Corso, de 22 anos, e ferir sua namorada, de 23 anos, em Matinhos, no dia 31 de janeiro, no litoral do Paraná. O coordenador da força-tarefa que investiga o caso, o delegado Luiz Alberto Cartaxo Moura, disse nesta terça-feira, em Curitiba, acreditar na identificação do autor do crime.

Agência Estado |

"Prender é sempre mais complicado", ponderou. "Mas tenho certeza de que vou pegá-lo."

Corso foi morto com um tiro no peito ao tentar defender a jovem de violência sexual. Segundo o delegado, ela recebeu tiros no pulmão, coluna e perna. Segundo nota do Hospital Vita, onde está internada, ela tem quadro geral estável e estado psicológico com boa evolução. O perito Jorge Luiz Werzbitski, que elaborou um retrato falado, disse que a jovem foi ouvida por dois dias para a confecção da imagem. Ela apresentou uma pessoa com estatura entre 1,75m e 1,85m, pesando entre 100 e 120 quilos, branca, com entradas de calvície e olhos castanhos escuros. Tem aproximadamente 30 anos, sotaque caipira (interiorano) e tom de voz mediano. "Segundo ela (jovem internada), há 90% de semelhança", disse Werzbitski.

De acordo com Moura, o retrato é mais um dado no dossiê de investigação, que conta com mais de 500 páginas, e poderá direcionar as denúncias que chegam à polícia. "Temos informações muito boas que acabam fechando com o retrato, não temos a identidade, o endereço, mas conhecemos o comportamento dele, sabemos como age e como fala", afirmou o delegado. "Estamos chegando lá, mas não sei quanto tempo vai demorar."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG