Divórcio de Paul McCartney e ex-modelo deve ser concluído

LONDRES (Reuters) - Paul McCartney e sua mulher Heather Mills vão voltar ao tribunal de Londres, na segunda-feira, para finalização formal de seu divórcio. Em audiência com o juiz Hugh Bennet, o casal provavelmente terá o divórcio concedido, baseado no fato incontestável de que eles têm vivido separadamente pelos últimos dois anos.

Reuters |

Em março, Bennett negou o pedido de Mills, alegando que sua reivindicação de pagamento no divórcio era 'inconsistente e impreciso'.

O juiz determinou, no entanto, à ex-modelo a quantia de 24,3 milhões de libras (48,7 milhões de dólares) -- um quinto da quantia que ela pretendia ganhar. O dinheiro recebido ainda equivale a cerca de 34.000 dólares para cada dia de seu casamento de quatro anos com o ex-Beatle.

Em seu julgamento, Bennett também estabeleceu um cronograma para o processo do divórcio.

O magistrado, que marcou audiência para segunda-feira, afirmou ainda que McCartney e Mills concordaram em manter o processo de divórcio até maio.

McCartney se casou com a ex-modelo em 2002, quatro anos depois de sua primeira mulher Linda McCartney ter morrido de câncer de mama. O casal teve uma filha, Beatrice.

(Reportagem de Paul Majendie)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG