Disque-Eleições do RS atende 200 ligações por dia

O Disque-Eleições do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio Grande do Sul recebeu esta semana, a primeira de funcionamento do serviço, em média, de 200 a 250 chamadas de eleitores por dia. No entanto, o pico de atendimentos é esperado para o fim de semana do primeiro turno, nos dias 4 e 5.

Agência Estado |

Cerca de cem funcionários se revezam para tirar as dúvidas dos eleitores, das 9 às 19 horas. As maiores dúvidas são sobre como justificar a ausência no dia da eleição, os locais de votação, os documentos que podem ser usados e o funcionamento da urna.

"A eleição municipal é um pouco diferente da eleição geral, que tem cinco etapas", comparou o coordenador de Desenvolvimento do TRE, Luiz Miola. "Nesta, é só vereador e prefeito", afirmou ele sobre um tipo de dúvida apresentada à equipe: a ordem de votação. O tribunal incentiva o eleitor a levar anotação com o nome e número dos candidatos.

Também são comuns dúvidas sobre a propaganda no dia da votação. "O eleitor pode manifestar-se, silenciosamente, de forma individual", disse. Na véspera da eleição, o serviço atenderá das 9 horas à meia-noite. No dia 5, funcionará das 7 às 17 horas.

Os funcionários foram treinados para responder às principais perguntas e contam com ajuda de um manual das eleições e de supervisores. As eventuais denúncias eleitorais são encaminhadas a outro serviço. Passado o primeiro turno, o Disque-Eleições voltará a funcionar na semana que antecede a segunda etapa de votação. Os eleitores de Porto Alegre e região metropolitana podem acionar o serviço pelo número 148. Em outras cidades, é preciso discar (51) 3224.5148.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG