Um conflito entre índios caingangues deixou oito feridos na madrugada desta sexta-feira, em Mato Castelhano, no norte do Estado do Rio Grande do Sul. O confronto envolveu cerca de 20 pessoas de duas facções de um mesmo grupo, que espera o reconhecimento de uma terra indígena.

O grupo está acampado na beira da BR-285 e teria brigado durante disputas internas pela futura colocação na área.

Os índios entraram em conflito corporal e incendiaram um casebre. Também há registro de disparo de arma de fogo. Seis dos envolvidos, com ferimentos leves, não precisaram de atendimento médico. Danilo Jacinto, de 40 anos, ferido a facadas, passou por uma cirurgia e ficou internado em estado grave no Hospital da Cidade de Passo Fundo.

Isaias da Rosa, de 28 anos, atingido de raspão por disparo de espingarda de chumbo, ficou em observação e deve ter alta no sábado. A Polícia Federal está investigando o caso e ouviu as primeiras testemunhas na tarde desta sexta-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.