Tamanho do texto

SÃO PAULO - Uma suposta briga entre ex-namorados quase terminou em tragédia, por volta das 21h desta segunda-feira, na Marginal Tietê, na região da Freguesia do Ó, zona norte de São Paulo.

AE
Bombeiros retiram carro que caiu no rio Tietê, em São Paulo

Bombeiros retiram carro que caiu no rio Tietê, em São Paulo

Ao volante de um Mazda preto e trafegando no sentido Lapa da pista expressa, Ivamar Vasconcelos Salles, de 38 anos, suspeito de provocar o acidente, só não viu o veículo afundar no rio porque o carro parou em um banco de areia formado pela sujeira trazida por um córrego que desemboca no Tietê.

Salles e sua ex-namorada Jéssica Aparecida da Silva, de 19 anos, sofreram ferimentos leves. Quando os bombeiros chegaram ao local, o veículo estava no rio, parcialmente submerso. No entanto, o capô e o teto eram visíveis e os dois ocupantes se encontravam sobre o automóvel. Os bombeiros tiveram que usar um bote inflável para prender uma corda ao carro. O veículo foi retirado da água depois de uma hora de trabalho.

Segundo a irmã de Jéssica, Miraci Silva Costa, a queda no rio teria sido proposital. Ela ainda disse que Salles estava revoltado com o fim do relacionamento e que o rapaz teria feito ameaças e por várias vezes tentou atropelar a jovem. Ainda segundo Miraci, o ex-cunhado arrastou a irmã para dentro do veículo e a levou até a Marginal Tietê, onde teria provocado a queda no rio.

Salles negou que tivesse jogado o carro de propósito no rio e afirmou que, durante uma pequena discussão, perdeu o controle da direção e acabou caindo no local. O caso foi registrado na delegacia da Freguesia do Ó (28ºDP) como acidente de trânsito.

Leia mais sobre: acidente

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.