Discurso manuscrito de Lincoln é leiloado por US$ 3,4 milhões

Nova York, 12 fev (EFE).- O discurso manuscrito que o primeiro presidente assassinado dos Estados Unidos, Abraham Lincoln, leu na Casa Branca no dia 10 de novembro de 1864 após sua vitória eleitoral, foi leiloada hoje na Christies por US$ 3,4 milhões.

EFE |

Coincidindo com o bicentenário do nascimento do presidente republicano, a casa de leilões colocou pela primeira vez à venda o documento original, de quatro páginas, que Lincoln (1809-1865) escreveu de próprio punho e com o qual se dirigiu à nação em sua reeleição como líder máximo do país.

Este manuscrito é um dos poucos documentos de Lincoln que não estava nas mãos de instituições públicas como a Biblioteca do Congresso dos EUA, que dispõe de mais de 200.000 documentos do presidente.

O documento leiloado permaneceu com o resto de escritos de Lincoln até 1916, quando seu filho, Robert Todd Lincoln, o ofereceu ao congressista John Dwight como mostra de agradecimento pelos esforços realizados para manter o monumento em memória do presidente em Washington. EFE bs/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG