Zé Carioca assumiu o pandeiro enquanto Mickey se entregou à guitarra. Ao Pato Donald coube o cavaquinho. Estabanado, Pateta chegou acompanhado por Tio Patinhas ao mesmo tempo em que Margarida fazia bonito como porta-bandeira. E assim os personagens da Disney caíram no samba. Essa foi a imagem criada por Arlindo Cruz, compositor e intérprete de Pagode da Disney, única faixa inédita das 14 músicas do álbum Disney Adventures In Samba, que chega hoje às prateleiras.

Além da música de Arlindo com Alceu Maia, Breno Maia e Arlindo Neto, o disco traz clássicos dos desenhos criados por Walt Disney (1901-1966) regravados em português e em ritmo de samba, pagode e choro. Tudo produzido no Brasil. Personagem criado no começo da década de 40, Zé Carioca estampa a capa do lançamento.

Produzido por Alceu Maia, que já trabalhou ao lado de Chico Buarque, Cartola e Clara Nunes, o trabalho reúne artistas de diferentes estilos e idades - de veteranos como Martinho da Vila e Jorge Aragão à nova geração do gênero, representado por Diogo Nogueira, Casuarina e Ana Costa. O resultado é uma deliciosa compilação pontuada por clássicos da MPB. Alexandre Pires, por exemplo, canta "Aquarela do Brasil", e Leci Brandão, "Tico-Tico no Fubá", ambas com forte relação com as produções da Disney. Há ainda espaço para as baianas Daniela Mercury e Margareth Menezes.

Responsável pela interpretação de "Somente o Necessário", de "Mogli: o Menino Lobo" (1967), Dudu Nobre conta que transformar a música não foi uma "missão muito fácil". "É uma experiência diferente porque a melodia é picotada e não tinha muito a ver com o samba, mas na hora ficou bacana." Fã dos desenhos, Dudu conta que não teve problemas em mergulhar no universo da Disney. "Minhas televisões estão sempre ligadas nos canais de animação." Ao Exaltasamba coube repaginar "O Que Eu Quero Mais É Ser Rei", trilha-sonora de Rei Leão (1994).

"Disney Adventures in Samba" chega às lojas em duas versões. Além do disco simples, um DVD promete agradar ainda mais aos fãs dos clássicos. O registro inclui seis videoclipes das canções originais extraídas dos filmes "Você Já Foi à Bahia" (1944) e "Tempo de Melodia" (1948). Há ainda os vídeos de "Pagode na Disney" e de "Aquarela do Brasil". Um making of, batizado de Um Toque de Magia no Samba, mostra o que rolou durante as gravações. No entanto, a maior surpresa são as inesquecíveis cenas de "Alô Amigos" (1942), em que Zé Carioca apresenta ao Pato Donald todas as belezas de seu país de origem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.