Diretor teatral é vaiado no Rio de Janeiro após elogiar Dilma

O diretor de teatro Aderbal Freire Filho foi vaiado minutos atrás por alguns e aplaudidos por outros da plateia do Teatro Oi Casa Grande, no Rio de Janeiro, onde acontece a cerimônia de entrega da Ordem de Mérito Cultural 2009.

iG Rio |

Escolhido para falar em nome de todos os agraciados, Aderbal ouviu a manifestação da plateia logo após se referir à ministra Dilma Rousseff como a próxima "presidenta do Brasil". Ao final do discurso, fez questão de frisar que as únicas palavras que realmente poderia falar em nome de todos são "muito obrigado".

A coreógrafa Debora Colker afirmou que a reação do público "faz parte da democracia. Não critico quem fez isto". Assim como o humorista Chico Anísio, que disse que "cada um tem o direito de expor suas opiniões". Já a atriz Natalia Timberg não concordou com as vaias e declarou que "não é local para esse tipo de reação".

    Leia tudo sobre: brasildilmalula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG