Diretor da Santa Casa de Misericódia do Pará deixa o cargo após morte de 20 bebês

Brasília - O presidente da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, Antônio Anselmo Bentes de Oliveira, deixou o cargo após a morte de 20 bebês na maternidade do hospital em uma semana. Oliveira e toda a atual diretoria da Santa Casa entregaram o cargo à governadora do estado, Ana Júlia Carepa. A informação foi confirmada hoje (29) pela assessoria de comunicação do governo.

Agência Brasil |

A gestão da Santa Casa será assumida provisoriamente pela cordenadora da Câmara Técnica de Políticas Sociais do governo do estado, Silva Comaru, que coordena a comissão multiprofissional, composta por cinco médicos e três engenheiros. Desde ontem (28), a missão realiza levantamento sobre as condições físicas e operacionais do hospital.

O grupo tem prazo até terça-feira (1º) para entregar relatório completo sobre a estrutura física, o corpo funcional e o funcionamento da Santa Casa, a pedido da secretária de Saúde, Laura Rosseti.

Uma equipe de técnicos do Ministério da Saúde deverá chegar a Belém amanhã (30) para inspecionar também as instalações da instituição, de acordo com a assessoria do governo.

O Ministério Público do estado deu prazo até amanhã (30) para que a Santa Casa apresente laudo com as causas de cada um dos óbitos.

Leia mais sobre a Santa Casa de Belém

    Leia tudo sobre: belémparásanta casa de misericórdia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG