Diretor da ANP nega irregularidades no repasse de royalties de petróleo

BRASÍLIA - O diretor da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Victor Martins, negou nesta quarta-feira qualquer participação no esquema de fraude na distribuição de royalties de petróleo a municípios. Martins e sua mulher Josenia Bourguignon Seabra depõem neste momento à Comissão de Minas e Energia da Câmara (CME) da Câmara dos Deputados.

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

Segundo relatório da Polícia Federal, Victor Martins e sua esposa são sócios numa consultoria chamada "Análise Consultoria e Desenvolvimento" e teriam usado a empresa para intermediar o pagamento de R$ 1,3 bilhão de royalties a municípios fluminenses. A suspeita é de que Martins teria recebido R$ 260 milhões de comissão pela transação. O diretor afirma desconhecer o relatório da PF.

Estamos falando de um documento apócrifo, um dossiê produzido por sei lá qual araponga dentre tantos. Eu fui acusado de ter ajeitado uma decisão para que minha empresa, da qual estou afastado desde que fui para a ANP, recebesse R$ 260 milhões. Isso é escandaloso!, disse Martins aos deputados.

Victor Martins, que é irmão do ministro de Comunicação Social da presidência da República, alega que a denúncia tem como objetivo atingir a ANP e a sua família. A única verdade que existe nisso tudo é que sou irmão do ministro, afirmou.

Martins ainda argumentou que o R$ 1,3 bilhão é o valor devido em pagamento de royalties ao Estado do Rio de Janeiro, e não aos municípios ¿ que, segundo ele, têm direito a apenas 10% deste total. Se os municípios iriam receber R$ 130 milhões, como minha empresa ia receber R$ 260 milhões? Isso é escandaloso mesmo. É não saber matemática pura e simples!, questionou.

Josenia Seabra também negou as denúncias durante seu depoimento inicial à Comissão de Minas e Energia. Não presto assessoria a qualquer prefeitura. Não faço lobby e desafio qualquer órgão da imprensa a provar isso, disse.

Leia mais sobre: fraudes

    Leia tudo sobre: fraudes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG