Diplomata assume Assuntos Estratégicos no lugar de Mangabeira

BRASÍLIA (Reuters) - Samuel Pinheiro Guimarães Neto, que ocupava o cargo de secretário-geral do Ministério das Relações Exteriores, tomou posse nesta terça-feira como ministro de Assuntos Estratégicos, assumindo o cargo que foi de Roberto Mangabeira Unger até junho. Na cerimônia, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva recomendou a Guimarães que repense formas de modernizar a estrutura do Estado e reiterou a importância do comando estatal na economia.

Reuters |

"Se tem uma coisa extraordinária que essa crise econômica permitiu é que não é possível um país sobreviver se o Estado for débil e fraco e o mercado for forte", disse Lula.

A indicação, assim como a de Mangabeira, é do PRB (Partido Republicano Brasileiro), legenda do vice-presidente José Alencar.

O diplomata carioca de 69 anos ocupava o posto de secretário-geral desde o início do governo Lula, em 2003.

Nacionalista, combateu a Alca, tentativa de criação pelos Estados Unidos de um mercado comum nas Américas, que para ele significava a renúncia brasileira à soberania. Autor de mais de uma dezena de livros, foi eleito Intelectual do Ano em 2006 pela União Brasileira de Escritores.

Entre as funções do ministério estão o planejamento de longo prazo e a discussão de opções estratégicas para o país.

Em seu lugar na pasta comandada por Celso Amorim deve assumir Antonio Patriota, até agora embaixador do Brasil em Washington.

(Reportagem de Natuza Nery)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG