SÃO PAULO - O cantor Dinho Ouro Preto, vocalista do grupo Capital Inicial, passou por exames na manhã desta segunda-feira, que mostraram melhoras no seu quadro clínico. Porém, ainda não há previsão de alta, segundo informações da assessoria de imprensa do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde ele está internado.

Dinho sofreu traumatismo craniano leve e pequenas fraturas nas costas após cair de uma altura de três metros durante um show na cidade de Patos de Minas, em Minas Gerais. O acidente foi na noite de sábado.

Agência Estado
Dinho Ouro Preto antes de cair de um palco com 3 metros de altura durante show em Patos de Minas, no Alto Paranaíba, na noite de ontem (31).
Dinho antes de cair do palco durante show em Patos de Minas

O Hospital Sírio Libanês diz que Dinho permanecerá internado para monitoramento e realização de novos exames. Ele está sob os cuidados da equipe chefiada pelos médicos Nabil Mitre e Guilherme Schettino.

Na noite de domingo, a assessoria da banda também divulgou um comunicado dizendo que o cantor "está lúcido e com saúde estável".

Dinho passou por duas baterias de exames, incluindo tomografia cerebral e ressonância magnética. A primeira, realizada no Hospital Vera Cruz, em Minas, e a segunda, para confirmação de diagnóstico inicial, no Sírio-Libanês.

Acidente no palco

O cantor sofreu uma queda na noite deste sábado quando caminhava - de costas - em uma passarela montada no palco de um show no Parque de Exposições Sebastião Alves.

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Patos de Minas, Dinho Ouro Preto caiu de uma passarela com cerca de três metros de altura quando se dirigia à plateia. Ele chegou ao Hospital Regional da cidade por volta de 1h40, em uma ambulância contratada pela produção do evento. Dinho foi transferido em um helicóptero para a capital paulista na manhã de domingo.

No Twitter oficial da banda, uma mensagem postada na tarde de domingo buscou tranquilizar os fãs. "o acontecido em Patos de Minas já esta sob controle! Dinho passa bem!", diz a mensagem.

* Com Agência Estado

Leia mais sobre Capital Inicial

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.