Dilma segue modelo de Lula em visita ao Rio de Janeiro

Ex-presidente acostumou-se a visitar locais afetados por chuvas e secas durante os oito anos de governo

iG São Paulo |

A presidenta Dilma Rousseff embarcou em Brasília na manhã desta quinta-feira com destino ao Rio de Janeiro, onde encontra o governador Sérgio Cabral, para discutir as fortes chuvas que atingem o Estado. Dilma embarcou pela manhã em Brasília, acompanhada dos ministros Alexandre Padilha (Saúde), Luiz Sérgio (SRI), Nelson Jobim (Defesa) e Helena Chagas (Secretaria de Imprensa).

A visita de Rio segue o modelo adotado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em situações semelhantes. Lula acostumou-se a sobrevoar áreas atingidas por secas e enchentes ao longo de seus dois mandatos. A agenda também vai marcar a primeira aparição pública de Dilma desde o início de seu governo. Esta será, por exemplo, a primeira ocasião em que a presidenta falará à imprensa desde que tomou posse do cargo, no dia 1º de janeiro.

Dilma chega ao Rio um dia depois de assinar uma medida provisória liberando R$ 780 milhões, que serão usados para amenizar o impacto das chuvas. O dinheiro foi liberado por meio dos ministérios dos Transportes e da Integração Nacional. Ao primeiro, foram destinados R$ 80 milhões para obras emergenciais em rodovias. A segunda pasta ficará com R$ 700 milhões, que contemplam também regiões do Nordeste e do Sul afetadas pela estiagem, além dos pontos do Sul e Sudeste atingidos pela chuva.

    Leia tudo sobre: chuvadilmario

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG