Dilma se emociona ao falar de sua origem mineira em BH

A ministra da Casa Civil e pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, se emocionou hoje e chegou a derramar lágrimas ao falar de sua origem mineira. Durante entrevista coletiva em Belo Horizonte, a ministra foi questionada se o retorno à terra natal como uma viagem sentimental e o que Minas Gerais representa para ela.

Agência Estado |

A ministra começou respondendo lembrando Guimarães Rosa e destacando a musicalidade da fala do mineiro, mas interrompeu: "É o som da infância esse sentimento", disse, com a voz embargada e os olhos marejados.

"Belo Horizonte é o lugar que eu nasci, me criei, passei minha juventude e fiquei adulta. E é muito forte para mim, porque eu acho que nós temos uma característica muito única. Esse som que eu disse, essa melodia que tem na fala, tem no jeito de ser, eu acho que tem na relação com as pessoas", afirmou. Uma das estratégias do PT é ressaltar a origem mineira da ministra - que fez carreira política no Rio Grande do Sul -, o segundo maior colégio eleitoral do País.

Dilma deu palestra na Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), onde falou sobre a importância do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para o desenvolvimento nacional, acompanhada dos ministros mineiros Patrus Ananias (Desenvolvimento Social e Combate à Fome), Hélio Costa (Comunicações), Luiz Dulci (Secretaria-Geral da Presidência) e do ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG