Dilma sairá fortalecida de mais um desafio, diz Haddad

O ministro da Educação, Fernando Haddad, acredita que a ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, possa sair fortalecida após o anúncio de que ela enfrenta um câncer linfático. Imagino que possa até se fortalecer, pela sua própria trajetória, pelos desafios que ela já venceu.

Agência Estado |

E fortalecer a identidade da ministra com um projeto que se confunde com a superação do próprio País", afirmou Haddad, que participou de um seminário sobre educação na Fundação Getúlio Vargas, em Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro. O ministro descartou a possibilidade de o PT lançar outros nomes à sucessão presidencial, numa alternativa a Dilma. "Realmente acho que isso está completamente fora de cogitação", disse.

Haddad ressaltou que o câncer foi detectado precocemente e que as chances de cura são grandes. "Eu compartilho a visão expressa pela maioria dos meus companheiros de governo: a de que felizmente é um problema que foi detectado com muita antecedência. Isso é uma felicidade para todos nós, que esteja absolutamente controlado, e é natural um processo de tratamento para evitar o ressurgimento do problema. Então, estamos vendo com muita esperança, pela felicidade da precocidade do diagnóstico, e aguardando o pronto restabelecimento da ministra."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG